Você está em - Home - Artigos - Consciência ea ingestão de ácido fólico entre as mulheres em áreas com alta prevalência de defeitos do tubo neural na China: um estudo transversal.

Consciência ea ingestão de ácido fólico entre as mulheres em áreas com alta prevalência de defeitos do tubo neural na China: um estudo transversal.

OBJETIVO:
Para medir a consciência ácido fólico e as taxas de consumo entre as mulheres em idade fértil em certas áreas da China, com uma alta prevalência de defeitos do tubo neural (DTN).
PROJETO:
Um estudo transversal foi realizado utilizando um questionário 19-item investigar o conhecimento das mulheres individuais da, atitude e prática de direção suplementação de ácido fólico.
LOCAL:
Um total de 293 municípios de baixa renda em seis províncias da China.
ASSUNTO:
Mulheres com idade entre 19-44 anos, de seis províncias com alta prevalência de DTN recrutados de junho a agosto de 2008.
RESULTADOS:
Entre 33 025 participantes, 57% tinham ouvido falar de ácido fólico, mas apenas 15% sabiam toda a informação do núcleo. A taxa de admissão foi de 12%, apenas 8% tomaram a dose recomendada e apenas 4% das mulheres não grávidas tomaram o ácido fólico. Algumas mulheres não tomar ácido fólico, porque eles não sabem que devem levá-lo (49%) ou tinham equívocos sobre ele (24%). De acordo com a análise de regressão logística, a residência rural foi um fator de risco para a consciência de ácido fólico. Etnia, nível educacional, renda média anual por pessoa e gravidez foram os fatores que influenciam a consciência de ácido fólico e ácido fólico.
CONCLUSÕES:
Apesar de mais de metade dos entrevistados tinha ouvido falar de ácido fólico, a taxa de ingestão ainda era muito baixa em áreas com alta prevalência de DTN. Assim, são necessários mais esforços para aumentar a conscientização ea ingestão de ácido fólico entre as mulheres em idade reprodutiva nessas áreas.

Fonte: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed?term=Folic%20acid%20awareness%20and%20intake%20among%20women%20in%20areas%20with%20high%20prevalence%20of%20neural%20tube%20defects%20in%20China%3A%20a%20cross-sectional%20study



Texto Original

OBJECTIVE:
To measure folic acid awareness and intake rates among women of childbearing age in certain areas of China with a high prevalence of neural tube defects (NTD).
DESIGN:
A cross-sectional survey was carried out utilising a nineteen-item questionnaire enquiring into individual women's knowledge of, attitude towards and practice of folic acid supplementation.
SETTING:
A total of 293 low-income counties in six provinces of China.
SUBJECTS:
Women aged 19-44 years from six provinces with a high prevalence of NTD recruited from June to August 2008.
RESULTS:
Among 33 025 participants, 57 % had heard of folic acid but only 15 % knew all of the core information. The intake rate was 12 %; only 8 % took the recommended dose and only 4 % of non-pregnant women took folic acid. Some women did not take folic acid because they did not know that they should take it (49 %) or they had misconceptions about it (24 %). According to logistic regression analysis, rural residence was a risk factor for folic acid awareness. Ethnicity, educational level, average annual income per person and pregnancy were the influencing factors of folic acid awareness and folic acid intake.
CONCLUSIONS:
Although more than half of the respondents had heard of folic acid, the intake rate was still very low in areas with a high prevalence of NTD. Thus, more efforts are needed to increase folic acid awareness and intake among women of reproductive age in these areas.

Desenvolvimento WSB